terça-feira, 11 de outubro de 2011

Salzburgo, uma cidade encantada

Uau, que dia! Eu não sei quando me apaixonei por Mozart, se foi após ver o filme "Amadeus" ou se foi quando ganhei meu primeiro disco de música clássica, na época em que era um LP e não CD. O que sei é que eu tinha menos de dez anos de idade e me apaixonei completamente por sua música. E desde então, sonhei em vir para Salzburgo.

Mas, vamos ao nosso diário: O hotel é excelente, o quarto é enorme, o banheiro é bem equipadinho e tem um sonho de consumo meu: é aquecido! Você não morre de frio ao entrar ou sair do chuveiro. Tem também a cordinha de help no box do chuveiro e um botão de chamadas de emergência dentro do banheiro (ou seja, segurança, caso você sofra uma queda ou precise de ajuda imediata).

Descemos para o café e nos deparamos com este visual:








Detalhe: os hóspedes que estão participando do seminário no palácio (palácio, castelo, sei lá, o pessoal aqui fala castelo), tomaram café cedo, pois o seminário iniciava às 08:00 h. E o salão ficou unicamente para nós dois! Nossa, foi muito legal, mais exclusivo, impossível!







Depois desse banquete, fomos dar uma passeio pelos jardins e fazer uma caminhada no lago. E o Jean aprendeu a fazer fotos panorâmicas, que ficaram ótimas!





























E ao fundo, a fortaleza...



 Fomos então, passear pela cidade. E no caminho, a fortaleza crescia aos nossos olhos.




O passeio pelo centro começou do outro lado do rio, no Palácio e Jardins Mirabell. O Schloss Mirabell foi construído em 1606 pelo príncipe-arcebispo Wolf Dietrich para a sua amante e filhos. Hoje o Schloss Mirabell é o gabinete do prefeito e conselheiros. O Salão de Mármore é considerado o salão mais bonito para casamentos da Europa! O pai de Mozart, Leopoldo, levou-o para tocar piano neste salão.
E o melhor de tudo: Para visitar o Palácio e desfrutar de toda sua beleza, a entrada é grátis!!!
Visitas:
Palácio: Seg, Qua, Qui: 08:00 às 16:00 h.
Ter e Sex: 13:00 às 16:00 h.
Staircase Angel (escadaria em estilo barroco): aberto diariamente das 8:00 às 18:00 h.
Jardins Mirabell: aberto todo o ano das 06:00 até o anoitecer
Orangerie: aberto todo o ano, diariamente das 08:00 às 16:00 h.













Atravessamos a ponte sobre o rio Salzach e fizemos o restante do roteiro programado.







A- Getreidegasse - Principal rua da cidade
B- Hagenauerplatz – Praça em frente à casa onde Mozart nasceu
C- Mozarts Geburtshaus – Casa onde Mozart nasceu
D- Judengasse
E- Mozartplatz – Praça do monumento de Mozart
F- Residenz Platz - Antiga residência dos arcebispos
G- Kapitelplatz- Praça do Capitel
H- Domplatz – Praça da Catedral
I- Salzburg Cathedral
J- Goldgasse - Rua do ouro
K- Alter Markt

Nosso passeio continuou por sua mais célebre rua de comércio: a Getreidegasse ou "A Rua do Cereal". A razão desse nome é que, naquela rua, em 1150, se transportavam e comercializavam grãos. Hoje, a rua é famosa por suas lojas de jóias, trajes típicos, antiguidades, artigos de couro e papel, perfumes e delicatessen.




A Hagenauerplatz era antigamente a praça do peixe. Hoje é a praça defronte à casa de Mozart, e está sempre lotada de turistas e possui diversos restaurantes e lojinhas.


Mozart nasceu em um pequeno apartamento no terceiro andar deste edifício amarelo em Hoje, o local abriga um museu que reúne uma coleção valiosa de objetos ligados a Mozart e seus familiares.
Wolfgang Amadeus Mozart nasceu em 1756 e manifestou sua genialidade já na tenra infância. Aos três anos de idade aprendeu a tocar cravo e aos cinco escrevia as primeiras composições. Com sete anos de idade, começou a viajar pela Europa e tocar para a aristocracia. O compositor morreu aos 35 anos em Viena, completamente na miséria e sofreu depressão profunda nos últimos anos de vida. Recomendo o filme Amadeus para todos os que se interessarem em conhecer a história de vida desse gênio da música.





A Judengasse (rua dos judeus) é considerada uma extensão da Getreidegasse e também possui lindas lojas de alta costura, de chocolates finos e enfeites de Natal.




Chegamos a Mozartplatz, praça que possuiu uma escultura de Mozart no centro.



Bem no centro da cidade está a praça da Residência, onde se encontra o Neubau, sede do governo e a Salzburg Residenz (Residência dos bispos), que atualmente é um museu.
Nesta praça, acontece o Glockenspiel (tradução: jogo de sinos). É um instrumento musical de 35 sinos, com 40 tons que toca três vezes ao dia. Os sinos tocam às 7 da manhã, às 11h e às 6 da tarde. Praticamente um show musical, com uma seleção de compositores famosos. Nós ouvimos, às 18 horas, do alto da fortaleza. Não ouvimos as músicas, mas os sinos são incríveis.



A Domplatz é a praça em fronte à catedral de Salzburgo.





Catedral de Salzburgo ou Dom foi projetada pelo arquiteto Santino Solari e construída entre 1614 e 1628. Ela se situa entre três praças: Domplatz, ao centro; Kapitelplatz, à direita e Residenzplatz à esquerda. Sua fachada é de mármore com várias estátuas que simbolizam o antigo e novo testamentos, além de santos e arcebispos. A duas torres da Catedral tem 68m de altura cada.
Pia batismal de 1321, onde Mozart foi batizado; órgão no qual Mozart tocava nas missas.









E mais uma vez, velinhas e agradecimentos!!!





A praça do Capítulo é uma das três amplas praças que estão em torno da catedral. Nela está a Fonte de Netuno e uma escultura chamada "A Esfera".






E desta praça chegaríamos à entrada da Fortaleza.



Mas, antes de subir, fomos ao Café Tomaselli, considerado o mais “Vienense” dos cafés da Áustria, mesmo não estando em Viena. Vivemos nosso momento Viena, neste café que funciona desde 1703, degustando um delicioso café e um maravilhoso doce. Pensar que Mozart já se sentou aqui muitas vezes para tomar um café, exatamente como fizemos, foi muito encantador.









Quase na porta da entrada da Fortaleza, vimos o cemitério. Muito bonito!





E então, subimos para a Fortaleza Hohensalzburg, para um jantar especial, seguido de um concerto de obras de Mozart! Mas, isso meus amigos, fica para a próxima postagem...





3 comentários:

Fabiane Teixeira disse...

Primeiro....
que luxo este hotel.. Fiquei uns 5 minutos admirando o salao do café da manha, mais precisamente, observando o lustre... que magnitude!!!!!!!!
E os jardins??? Encantadores!!!!
Gostaria muito de ser amante de música clássica, mais mesmo gostando, nao tenho tanto o hábito de ouvir... e imagino o que isso representou para vc.
Estar diante do local onde nasceu e viveu Mozart deve ter sido sublime!!!
Ah.... com todo respeito, o Jean está um gato com esta roupa social! rsss.... e vc, como sempre eleganterrima, e claro, mais bolsinhas....
Menina fashion!!!!
O que era aquela sua tacinha no café??? Hummmm.. estava com uma cara super boa!!!
Amei o dia de hoje...
Beijos, e aguardo ansiosamente pela postagem de amanha.

Atelier Glacê Real disse...

Assino embaixo de tudo que a Fabi disse!
Tudo perfeito, maravilhoso!
Bj,
Marcela.

Kathleen Macedo disse...

A tacinha no café era um suco multifrutas!